Glamouragem » Blog Archive Homeopáticos ou medicamentos convencionais: em qual você confia? - Glamouragem
sem-categoria category image
Homeopáticos ou medicamentos convencionais: em qual você confia?
Postado dia 01.05 às 21:34

Já me fizeram essa pergunta tantas vezes, que resolvi trazê-la para discussão aqui no blog. Pois bem, antes de dizer a minha opinião (que não é, de forma alguma, a verdade absoluta), deixem-me lhes falar um pouco mais de cada um dos produtos farmacêuticos citados.

O medicamento convencional ou alopático, ao qual me referi, é aquele que você obtém seja em farmácias, seja em drogarias, preparado com critérios altos de qualidade e por farmacêuticos; é aquele medicamento a que todo mundo está acostumado a usar. Porém, qualquer medicamento não está isento de efeitos colaterais; devido a isso, muitos profissionais de saúde, pesquisadores e leigos defendem o uso de medicamentos homeopáticos.

O medicamento homeopático é manipulado, ou seja, ele não é um produto feito em indústria, mas sim artesanalmente, podendo esse conter diversos insumos, desde cascas de árvores a álcool. No entanto, durante a preparação desse medicamento, ele é tão dissolvido, que acaba que não possui praticamente nenhum traço de alguma substância que possa vir a fazer efeito no organismo. Os defensores desse tipo de medicamento acreditam que há uma força que entra no produto durante a sua preparação – a força vital –, a qual seria a responsável pela realização do tratamento.

“Então, medicamento homeopático é placebo?” Muitos afirmam que se for assim, “é melhor não pagar por um produto, tomar água no lugar e acreditar que vai funcionar.” No entanto, algumas pesquisas com bebês sendo tratados por medicamentos homeopáticos tiveram bons resultados. Porém, homeopáticos não podem ser utilizados para tratar quaisquer doenças, por exemplo, o câncer. Sendo assim, não se pode dispensar o uso dos alopáticos em certos casos.

Mas a minha opinião é: cada caso é um caso e eu só acredito vendo. Como futura farmacêutica, conheço diversos efeitos que os medicamentos podem vir a trazer; mas sei também que o uso de placebos também pode vir a trazer prejuízos. Não estou afirmando que homeopáticos são placebos; conheço o seu tipo de preparação, mas nunca fiz uso de um ou acompanhei algum tratamento. E quando falo em placebo, quero lhes alertar em relação ao consumo de medicamentos de origem desconhecida, vendidos por aí sem registro no Ministério da Saúde e sem orientação profissional; esses produtos ainda podem não funcionar simplesmente como placebo e, sim, como veneno. Fiquem atentas.

Enfim, gostaria de saber a opinião de vocês e suas experiências em relação ao assunto. Em qual deles vocês acreditam: no medicamento homeopático ou no convencional?

Um grande abraço.

Naiara Araújo

Graduanda de Farmácia da Universidade de Brasília

10 Respostas para "Homeopáticos ou medicamentos convencionais: em qual você confia?" Comente »

  1. em 01.05.11 às 22:42
    DriEsmaltes disse:

    >Olá!
    Há mais de 9 anos que levo meu filho (10) ao homeopata, para tratamento da alergia, que é crônica e da asma.
    Pois bem, nesses anos posso afirmar que se o deixo sem tratamento por um bom tempo, suas crises alérgicas são bem mais intensas. Teve um ano, que praticamente não o levei para revisão. Esse foi o pior, pois ele teve asma pela primeira vez e ficou internado por cinco dias.
    O bom é que os médicos ( homeopata e o otorrino) são amigos e um recomenda o outro. Trabalham juntos pela saúde do meu filho.
    Quanto a minha pessoa, faço tratamento homeopático para minha menopausa hiper precoce. Todos os sintomas externos (calorões, irritação e outros) estão beeem amenizados.
    Não deixo o homeopata, mas não fico sem acompanhamento alopata tb!
    Bjos e desculpem minha "carta"

  2. em 02.05.11 às 09:41
    Naiara Araújo disse:

    >Que isso, Dri!
    Agradeço a "carta".

  3. em 02.05.11 às 21:09
    Beta Samtos disse:

    >Oiee…

    Infinitas são as opções que temos hoje, referente à pesquisas, tratamentos e novos medicamentos no mercado farmaceutico, que fica impossível não fazer uso deles. Atualmente faço tratamentos alopáticos e homeopáticos… pois um trata o sintoma e outro vai na causa. Acho super importante aliar o tramento pois o benefício virá dos dois lados… :-)

  4. em 03.05.11 às 00:24
    Cris كريستينا disse:

    >Só sei de uma coisa: a um tempo atrás o chazinho da vovó era super condenado, e hoje o que é comprar um Vick Pirena na farmácia? Chá, só que industrializado, nada natural e cheio de conservantes. Minha família sempre teve as receitas de chá, porque antigamente farmácias não eram acessíveis como hoje, nem médicos. O que vejo, são os chás tão condenados hoje, sendo mostrados em pesquisas como verdadeiras descobertas. Não sei de onde, porque muita coisa, pessoas antigas já sabiam, só não se dava o devido valor a elas.

  5. em 03.05.11 às 02:43
    Érika Domingues εïз disse:

    >Eu uso homeopáticos desde pequena, minha pediatra era Homeopata, tinha especialização nesse tipo de medicamento, então desde que me conheço por gente tenho esses vidrinhos rolando aqui em casa. Até minha vacina contra gripe vem das farmácias manipuladas, acredita ? Até hoje, com 20 anos, quando eu preciso de alguma coisa ligo pra minha (ex)pediatra. Não dá pra ficar se enchendo de remédios, depois quando a gente precisa mesmo eles não fazem efeito. Pelo menos foi o que eu sempre ouvi dela.

    Érika Domingues
    http://modaragazzeoficial.blogspot.com/

  6. em 03.05.11 às 07:51
    Naiara Araújo disse:

    >Obrigada, Beta!
    Concordo em muita coisa com você.
    Mas há quem responde apenas ao tratamento com homeopáticos. Conhecem alguém assim?

  7. em 04.05.11 às 18:47
    Naiara Araújo disse:

    >Oi, Cris!
    Eu particularmente não vejo muitos problemas em usar chás, sejam eles industrializados ou não, mas tem de se considerar alguns itens: onde você obteve a planta p/ o chá? será que ela é mesma a espécie que vai te trazer benefício ou é uma planta que se assemelha muito com a que você deseja? Como você preparou esse chá? Quantos efeitos adversos esse chá pode te trazer?
    Chá é muitas vezes uma alternativa interessante para diversas doenças – má digestão, usa-se geralmente carqueja, por exemplo – no entanto, deve-se observar que plantas não tem uma substância ativa apenas (aquela que proporciona o efeito de interesse), mas sim várias outras, que podem interagir com outros medicamentos que você possa estar tomando ou você ser alérgico/sensível a tal.
    Nã estou criticando o uso de chás, mas gostaria que vocês se atentassem a esses detalhes e buscasse ajuda profissional sempre que precisarem.
    Muito obrigada, Cris, pelo comentário!

  8. em 04.05.11 às 18:54
    Naiara Araújo disse:

    >Olá, Érika!
    "Se entupir de remédios" por conta própria, sem necessidade e sem orientação adequada nunca é bom, independentemente do tipo de medicação que está sendo usada. Nesse ponto, eu concordo plenamente com sua médica.
    Agora, e os diversos benefícios que os alopáticos trazem? Muitos deles são usados pois efeitos mais pronunciados em comparação os homeopáticos. O tratamento com homeopáticos demora muito a surtir efeito na maioria das vezes. Então, há de observar isso também.
    E, é claro, que quando se utiliza por muito tempo o mesmo medicamento alopático, desenvolve-se uma tolerância ao mesmo, ou seja, há uma perda dos efeitos esperados. Já viram a quantidade de bactérias multirresistentes que anda aparecendo? Poisé, adivinha por que isso anda acontecendo? Claro, que o principal motivo é o uso inadequado dos antibióticos. Mas vou deixar essa discussão para uma outra vez. ;)
    Muita obrigada pelo comentário!

  9. em 10.05.11 às 12:02
    Kelly Cristina disse:

    >Sempre que posso troco os remédios convencionais por homeopáticos… sei que demoram mais fazer efeito, mas são naturais e isso já faz um bem danado…
    Prefiro com certeza os homeopáticos…
    Bjus
    ;-)

  10. em 04.01.14 às 21:40

    Acho que muitos que podem, optam por homeopáticos, mas para que não tem opção ou que prefere medicamentos convencionais, entrem no MultiFarmas, um comparador de preço de medicamentos :-) !
    http://www.multifarmas.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>